Esmalte Viajante

É possível e muito divertido viajar sozinha, sua própria cia basta e é incrível!

Roteiro – Serra do Cipó – 4 dias

Roteiro – Serra do Cipó – 4 dias

Roteiro de 4 dias na Serra do Cipó adaptado devido clima, choveu algumas vezes durante os dias que estive, então os planos mudaram um pouco.

Roteiro Serra do Cipó – MG

Portaria Areias - Atrativos
Início trilhas para atrativos pela Portaria Areias em Serra do Cipó.

Segue atividades dia a dia:

Sábado – Chegada de avião em Belo Horizonte, chegada de carro em Santana do Riacho e visita à Cachoeira do Gavião.

Domingo – Visita à Estátua do Juquinha, depois Cachoeira Capão dos Palmitos e Cachoeira Véu da Noiva, por fim Barzinhos.

Segunda-feira – Ida a Conceição do Mato Dentro para visita ao Mirante da Cachoeira do Tabuleiro e Poço das Ninfas.

Terça-feira – Visita às Cachoeira da Serra Morena I e II, retorno para Belo Horizonte e SP.

Na chegada rolou uma adaptação também, o receptivo não atendeu de maneira satisfatória então acabei fazendo por conta própria, entendeu porquê plano B é tão importante? Já sabia a média do valor do aluguel do carro e de hospedagens no local, então não cai na armadilha de alugar carro no primeiro totem que vi (o dobro do valor).

Sobre a primeira atração visitada, você pode encontrar informações aqui, artigo que também fala  da estátua do Juquinha e sua história.

Cachoeira Capão dos Palmitos – Portaria Areias

– Entrada gratuita;
– Horário de Funcionamento do Parque: Entrada: 8h às 16h – Saída: até às 18h;
– Contatos: (31) 3718-7484, e-mail: parna.serradocipo@icmbio.gov.br;
– Possui estacionamento, banheiros, bebedouro, centro de apoio ao turista e aluguel de bicicletas;
– Acesso a: 2 Mirantes, Cachoeira Capão dos Palmitos, Circuito das Lagoas, Cachoeira da Farofa e Cânion das Bandeirinhas.

MapaPortariaAreias
Mapa para Portaria Areias, é perto da cidade mas o caminho difícil logo após passagem do rio, fez o trajeto levar o dobro.

Chegar à essa Cachoeira foi uma maratona de aventuras! Primeiro porque o caminho é complicado até a Portaria Areias, chão estava ruim real, muitas chuvas + rua de terra = caos.

Mesmo com carro 1.0 – Gol, passei pelo rali que foi até chegar na portaria. Surpresa ser a melhor estrutura de local gratuito que eu já vi.  Dica: esquece ir de carro mais baixo.

20200223_111926
Um parte da Portaria Areias

As notícias não foram das melhores, apenas a Cachoeira Capão dos Palmitos estava indicada a ser visitada, os outros pontos estavam com alagamento a partir do joelho, decidi ir para Capão dos Palmitos e se fosse o caso faria até pelo menos o primeiro mirante.

Repare que a trilha para a Capão dos Palmitos está em amarelo, ou seja, é nível médio. Há uma boa caminhada, subidas e descidas além de trechos com pedras, mas o mais impressionante foi o riacho que formou na parte inicial.

 

portariaareias
Mapa das atrações partindo da Portaria Areias. O primeiro mirante fica no Circuito das Lagoas e o segundo é o Mirante do Bem.

 

Aonde havia marcação de trilha, chão batido, corria água sem parar! Mesmo indo pelos lados, foi inevitável encharcar o tênis e bater aquele arrependimento de só ter levado um par.

A caminhada foi boa, rolou até um banquinho para comer um lanche e seguir em frente. Apesar do nublado, estava bem quente e ainda bem, entrar nessa cachoeira estava irresistível. São duas partes que vi acessíveis, uma mais light, mais rasa e sem queda e a parte de baixo que tem a cachoeira em si.

A força da água estava muito forte e não arrisquei a ir mais para o meio do poço, que é pequeno, pois o rio continuava e o risco de ser levada era muito grande. Lembrando: o parque não possui equipe de resgate, então não se arrisquem à toa.

Adaptação

Depois do banho de cachoeira, nem quis saber de me afundar na lama para ir até o mirante e por sorte o tempo estava abrindo!

A Cachoeira Grande, famosa também na região ficava no caminho de volta e resolvi passar por lá mas, o banho estava proibido e mesmo assim estavam cobrando R$40 a entrada. Desisti, lógico.

Ainda bem que Serra do Cipó tem tanta coisa para fazer que, se uma atração está fechada, a outra ainda está aberta e isso com certeza me encantou muito.

Cachoeira Véu de Noiva

– Entrada: R$40,00;
– Horário de Funcionamento visitantes: Entrada: das 8h às 17h, após esse horário não pode mais nadar no poço da cachoeira;
– Contatos: (31) 3412-7818
– Possui estacionamento, banheiros, lanchonete, camping, salva-vidas;
– Acesso a: camping, piscina natural (bom para crianças) e Cachoeira Véu da Noiva.

MapaVeudeNoiva
Mapa para Cachoeira Véu da Noiva, saindo de Santana do Riacho – Serra do Cipó.

A Cachoeira Véu de Noiva não faz parte do parque, tem uma estrutura e pegada bem diferentes. Aqui você pode acampar, passar o dia ou só algumas horas como eu.  Estacionamento incluso.

Saindo do estacionamento só seguir o barulho… muitas famílias em volta da piscina com água do rio, que percebi dá pé para as crianças, naturalmente o barulho da folia.

caminhoateveudanoiva.jpg
Subida de 400m até Cachoeira Véu da Noiva

Há uma ‘passarela’ pela piscina, vai molhar o tênis se não tirar e em seguida 400m de subida em meio às pedras, se fosse mais longo diria que é uma trilha mediana. Em alguns pontos há corrimão para apoio, que foram essenciais na descida.

O céu teve um momento sem nuvens e era inacreditável ser o mesmo dia, a cachoeira é linda, um poço enorme para nadar e muita margem com rochas largas para ficar de bobeira.

Zero arrependimento de ter mudado plano e visitado este lugar. Só confesso que aquele tanto de gente me incomoda mas sei que faz parte.

Se preferir algo mais reservado, evite essa.

Barzinhos

Finalizando esse dia cheio, ainda fui para alguns barzinhos da cidade. Juntei com uma outra hóspede da pousada, jantamos deliciosamente em no Bon Appetit Bistrô (aliás, recomendo o ristoto de mignon e gorgonzola) que é pertinho de onde nos hospedamos.

Bon Appetit Bistrô - Roteiro Serra do Cipó

Depois nos encontramos com mais alguns outros hóspedes e o responsável da Pousada Tio Loco, divertido demais, nem sei como arranjei energia – será que foram as águas geladas?

Santana do Riacho na Serra do Cipó só possui uma avenida principal e grande parte da vida noturna se encontra lá, bem mais fácil porque pudemos ir a vários lugares a pé mesmo.

Eu nunca coloco bares ou baladas nos roteiros porque nunca sei se estarei cansada ou se vou ter que acordar muito cedo então, sair assim é sempre uma surpresa.

Por sorte uma galeria que tem um bar e restaurante dentro estava com uma banda ao vivo de rock, em pleno carnaval, fechando a noite com chave de ouro!

Leia mais em:

Sozinha na Serra do Cipó

Cachoeira do Tabuleiro – MG

2 comentários sobre “Roteiro – Serra do Cipó – 4 dias

  1. Oi Mari! o blog tá uma graça!!! Parabéns! E seus textos também são ótimos… vc conta bem como foi a viagem e dá todas as dicas para aproveitarmos!!! Obrigada por compartilhar!!! bj grande!!!

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao Topo
Seguros Promo
%d blogueiros gostam disto: