Esmalte Viajante

É possível e muito divertido viajar sozinha, sua própria cia basta e é incrível!

Roteiro de 4 dias em Ubatuba – SP

Roteiro de 4 dias em Ubatuba – SP

 

Eu tinha preconceito, confesso, mas fiz um roteiro de 4 dias por Ubatuba e achei pouco! Até agora tentando entender o por quê eu torcia o nariz quando falavam de ir para Ubatuba.

Distante apenas 3 horas (de carro) da capital de SP, Ubatuba tem vários lugares MUITO lindos, as pessoas são simpáticas, educadas e a cor da água é de dar vontade de não sair mais.

Realmente uma surpresa e tanto, muito positiva e agora, quando alguém for a Ubatuba me chame!

Decidi conhecer Ubatuba sozinha e depois uma amiga se juntou ao planejamento, combinamos os pontos em comum que queríamos ver e o restante a gente encaixava.

Ficamos hospedadas bem pertinho da avenida principal, que é ótimo pois tem bastante restaurantes, lojinhas etc.

O casal anfitrião é muito simpático e ajudou muito com dicas de locais, trânsito e como chegar, muito queridos!

Aqui entrego um roteiro de 4 dias por Ubatuba e suas praias, além da visita à sede do Projeto Tamar na cidade.

Booking.com

Roteiro de 4 dias em Ubatuba – SP

Segue o roteiro realizado de carro:

🔸Dia 1: Praia do Lázaro, Praia Sununga, Gruta que chora, Praia Domingas Dias, Praia do Lamberto, Toninhas.

🔸 Dia 2: Trilha das 7 praias: Fortaleza (com Pontão de Fortaleza), Cedro, Deserta, Grande Bonete, Bonetinho, Peres, Oeste e Lagoinha.

🔸Dia 3: Picinguaba, Ilha das Couves e Projeto Tamar.

🔸Dia 4: Praia do Félix e Praia do Português.

 

Dia 1 – Praia do Lázaro, Praia Sununga, Gruta que chora, Praia Domingas Dias, Praia do Lamberto, Toninhas

Resumo em ordem de visitação: Praia do Lázaro que dá acesso a Praia do Sununga (Gruta que chora), para outro lado tem Praia Domingas Dias. Caminho de volta passagem nas praias Lamberto, Toninhas e Grande.

Chegamos pela manhã ainda e, como o quarto ainda estava ocupado (check-in era 14h), apenas pegamos dicas com os donos da pousada e seguimos as orientações.

Nesse dia não tinha nada planejado porque a viagem é um pouco cansativa devido as centenas de curvas em pista simples e trânsito intenso, então só pensamos em relaxar mesmo.

Aconteceu que foi um dos dias em que visitamos mais praias ! Seguindo as direções recebidas na pousada, saímos para a BR-101 em direção Caraguatatuba para primeira parada que foi na Praia do Lázaro.

Roteiro em Ubatuba – SP

Praia do Lázaro e Sununga

Com mar calmo, essa praia possui estrutura de quiosques e muita família, contudo a intenção era chegar nesta praia porque ela dá acesso a outra.

A partir da Praia do Lázaro, indo no sentido esquerdo, chegamos na Praia da Sununga, bem menor e com uma estrutura mais tímida, apenas um quiosque. Aqui também tem um camping e percebi que os toaletes para turista eram pagos.

A Praia da Sununga é linda! Ondas e rochas com uma faixa de areia curta mas larga. Único porém é que não dá para nadar direito nela, mar bravio que chama – nem arrisquei.

Linda mas com mar bravio – Praia da Sununga – Roteiro 4 dias em Ubatuba

 

A minha intenção nesta praia era ver a Gruta que Chora mas, um pouco decepcionante. Não sei se porque eu esperava uma gruta mais funda ou mais misteriosa sei lá rs. É uma cavidade em um paredão não muito alto, mas as paredes possuem muitas raízes e escorre água o tempo todo, logo a origem do nome.

Voltamos para a praia do Lázaro e resolvemos comer, foi 70 reais porção + 8 reais latão de cerveja – não pagamos estacionamento, que é na rua.

Booking.com

Praia Domingas Dias

A partir desta praia para a direita, é possível chegar na Praia Domingas Dias (para o casal da pousada esta era a praia mais bonita, mas achei muito cheia e não consegui curtir tanto) . Fica em um condomínio fechado mas as pessoas conseguem acessar, só passar pela portaria normal, mas aqui precisa pagar zona azul.

Aqui também resolvemos parar e curtir uma praia, o sol estava ótimo e a praia possui uma faixa bem rasa, com uma quebra de onda por vez.  Apenas alguns ambulantes e quiosques.

Praia do Lamberto, Praia das Toninhas e Praia Grande

Saindo da Praia Domingas Dias, pegamos a mesma rodovia para retornar ao centro de Ubatuba, e no caminho paramos em algumas outras praias para conhecer só.

Para o acesso à Praia do Lamberto, precisa de um pouco de atenção, porque para-se na pista e desce uma pequena trilha ou caminho calçado mas mega inclinado, daqueles bom para escorregar. É possível descer mais com o carro só que, ingrime + areia = carro patinando e não arriscamos.

Lá em cima, no pequeno recuo da pista, fica um senhor bem simpático cuidando dos carros e ele pede uma contribuição em dinheiro, óbvio e justo.

A praia em si tem uma faixa estreita de areia e um restaurante/quiosque, já era mais final de tarde e não tinha quase ninguém. Por ser uma acesso mais ‘difícil’, pensei que poderia ser mais deserta só que me enganei.

Voltando à pista, ainda sentido Ubatuba, passamos pela Praia das Toninhas. Aqui já fica mais tradicional: estaciona na rua e caminha até a praia. Curiosidade: a praia recebeu este nome pois no verão é comum ver golfinhos por lá, que também recebem o nome de toninhas.

Toninhas é de areia fina e com boa estrutura para turistas, fica ao lado da Praia Grande, que fomos logo em seguida.

Na Praia Grande só andamos um pouco, para ver mesmo. Se você gosta de praias mais cheias, é aqui que deve vir. Devido ser final de tarde, o público que chegava já eram das pessoas a fim de fazer a areia sua balada. Percebi também que tem bastante ambulantes e quiosques, justamente por ser a praia com maior número de frequentadores em Ubatuba.

Estacionamento e Zona Azul – Ubatuba

Ubatuba possui o sistema de estacionamento rotativo com o Zona Azul. Na verdade não é tão rotativo assim.

A cobrança da Zona Azul retornou em Maio/21. Paga-se 12 reais pela cartela da Zona Azul mas ela vale para o dia todo, ou seja, compramos na Praia Domingas Dias e se quiséssemos poderíamos ir para qualquer outra praia que a cartela ainda seria válida.

Há também estacionamentos privativos, nem cogitamos para porque era em torno de 20 reais e não vi aviso de seguro, só de ducha, então não compensava.

Dia 2 – Roteiro Ubatuba em 4 dias

O segundo dia foi na Trilha das 7 praias: Fortaleza (com Pontão de Fortaleza), Cedro, Deserta, Grande Bonete, Bonetinho, Peres, Oeste e Lagoinha. Nesta trilha você andar por dentro da mata mas beirando a costa, entre paisagens lindas e águas transparentes.

A internet 4G pega bem em todo o caminho, já postei sobre em Trilha das 7 Praias Ubatuba .

Mas se não estiver a fim de encarara trilha, a Praia de Fortaleza é ótima, possui estrutura, mas calmo e uma larga faixa de areia. Entrando um pouco no caminho da trilha mas pegando a bifurcação à esquerda, você chega no Pontão de Fortaleza.

São alguns metros apenas em caminho de terra até a formação rochosa, foi de lá que consegui avistar golfinhos!

Pontão de Fortaleza, à direita pela praia de Fortaleza, tem uma vista do mar aberto em Ubatuba, SP.

Dia 3 – Ilha das Couves e Projeto Tamar – Roteiro 4 dias em Ubatuba

Haviam duas atrações que estavam na lista do must go em Ubatuba e finalmente chegou o dia de visitá-las: Ilha das Couves e Projeto Tamar. Neste terceiro dia da viagem, rolou uma logística para dar tempo de visitar Ilha das Couves, que fica a cerca de 43km do centro de Ubatuba e o Projeto Tamar, com sede no Bairro Itagua.

A ideia era chegar bem cedo em Ilha das Couves para aproveitar sem muita ‘muvuca’, pois era sábado e costuma encher.

Ilha das Couves – Ubatuba

A Ilha das Couves tem duas praias que podemos visitar, pequenas e bastante pedras em volta, uma pequena trilha interliga as duas praias.

No retorno fiquei feliz em saber que a comunidade estava discutindo limitar os acessos devido depredação e para conservar melhor o local, estava bem cheio mesmo e cheguei a ver restos de uma possível fogueira.

Ah, na volta passamos por uma fazenda de ostras, nunca tinha chegado perto e o barqueiro subiu na plataforma móvel deles para pegar conchas pra gente ver.

Vale a visita em dia de semana se der, vai aproveitar mais com menos pessoas no local.

Uma das praias em Ilha das Couves – Roteiro 4 dias em Ubatuba

 

Como chegar em Ilha das Couves

Para conseguir chegar à Ilha das Couves é preciso ir até a Praia de Picinguaba, na vila dos pescadores e de lá sair de barco.

Picinguaba fica a 1h/1h30 – dependendo do trânsito – de Ubatuba, por estrada de pista simples, a mesma que dá acesso à Praia do Lázaro, só que desta vez sentido Paraty/RJ. É possível chegar até através de ônibus também, saindo do terminal no centro de Ubatuba.

Prepare a vista e uma boa trilha sonora pois o caminho é ma-ra-vi-lho-so de tanta paisagem linda.

Acesso para Vila dos Pescadores onde sai barco para Ilha das Couves.

Fomos de carro e paramos praticamente na areia, perto da tenda onde o barqueiro pede para esperar. Um barco de pesca normal, cabe umas 7 pessoas mais o piloto, com colete e tudo.

Em 15 minutos chegamos às Ilha das Couves, combinamos o horário de retorno e agora só curtir. Na ilha tem uma lanchonete que vende o básico: água, refrigerante, cerveja, salgadinhos e se havia porções não me atentei.

 

Projeto Tamar em Ubatuba

Visitar o Projeto Tamar era um dos pontos em comum nesta viagem e se tiver a oportunidade, vá! Apaixonei pela tartaruga de couro ♥. Neste local, as crianças podem se inscrever para a hora da refeição das tartarugas e ajudar os monitores na alimentação.

Toda a estrutura é voltada para repassar o máximo de informação possível, por texto, vídeos, teatro infantil com fantoches, réplicas e por um tour que ocorre de hora em hora (incluso no ingresso). Um trabalho incrível.

Tartaruga resgatada pelo Projeto Tamar – Ubatuba

A entrada para visitantes é R$27,50 (com taxas) inteira e R$13,75 meia entrada. Para família, tem o passaporte família, R$66 para 2 adultos e 2 crianças. Já para moradores de Ubatuba e maiores de 60 anos, a entrada é gratuita. Valores atualizados em 06/2021 conforme o site do projeto.

Não possui estacionamento, mas é bem fácil parar na rua, já que a sede fica dentro da cidade, na rua Antonio Atanázio, 273.

 

Dia 4 – Praia do Felix e Praia do Português em Ubatuba

Uma das praias mais fotografadas em Ubatuba é a Praia do Português, com acesso pela Praia do Félix, que também possui sua beleza.

Aliás, Ubatuba no geral é muito bonita, as paisagens encantam principalmente quem vive em cidades maiores como eu.

A Praia do Félix, mesmo mais cheia, é calma. Sem ondas fortes (fiquei até boiando lá um tempão) e com ótima estrutura de serviços. Percebi muitas famílias, amigos mas sem aquele alvoroço de praia lotada. Se prefere lugares mais calmos, essa é a indicação.

Vista para passagem de acesso à Praia do Português através da Praia do Félix.

 

Águas calmas na Praia do Félix.

 

A Praia do Português não possui estrutura nenhuma, só uma beleza única. Ela fica no meio de duas barreiras naturais de rochas, com as montanhas de paisagem de fundo. Aliás, dá-lhe pedras, é quase impossível nadar nesta praia devido a quantidade de rochas.

Como chegamos beeeem cedo na Praia do Português, só tinha um casal que já estava saindo, conseguimos ficar um bom período sozinhas, curtindo aquele mini paraíso como se fosse só nosso.

Aquele momento em que me senti em uma praia-paraíso só minha.

 

Praia do Português pela manhã, vista de quem chega da Praia do Félix.

 

Como chegar à Praia do Felix

São 25km a serem percorridos saindo do centro de Ubatuba até a Praia do Felix. Via BR-101, sentido Paraty. Não tem pedágio pelo caminho e próximo à praia é possível estacionar na rua que é zona azul ou em estacionamentos privativos que oferecem ducha de água doce.

Acesso à Praia do Felix via BR-101

Como chegar à Praia do Português

Chegando na Praia do Félix, estando de frente para o mar, é possível avistar à direita uma formação rochosa.

A Praia do Português fica à direita da Praia do Félix – Roteiro 4 dias em Ubatuba

A passagem é pelo meio dessas rochas, mas cuidado, não leve muita coisa pois vai precisar das mãos em alguns momentos para transpor a barreira natural. O ‘caminho’ é fácil de perceber e curto, mas por ser entre as pedras irregulares e escorregadias, é bom ir sem pressa.

 

E ai, bora conhecer Ubatuba?

 

 

Um comentário em “Roteiro de 4 dias em Ubatuba – SP

Deixe uma resposta

Esse site utiliza o Akismet para reduzir spam. Aprenda como seus dados de comentários são processados.

Voltar ao Topo
Seguros Promo
%d blogueiros gostam disto: